11 . 2539.6470 / 11 . 2645.7298 / Whatsapp: (11) 96587-7395

MOMMY MAKEOVER

• Do que se trata:

O termo é utilizado para denominar a combinação de procedimentos voltados para restaurar a forma física de mulheres que passaram por uma gravidez. Geralmente engloba uma Abdominoplastia (para remover a pele flácida e reestruturar os músculos distendidos do abdômen) e uma Mamoplastia de Aumento ou um Lifting de Mamas (para reposicionar ou dar o volume certo das mamas, perdido por conta do ganho/perda de peso repentino e da amamentação). A Lipoaspiração também pode ser realizada em parelelo, para auxiliar na melhora do contorno corporal.

O ideal é que este processo seja realizado em um período de pelo menos 8 a 12 meses após o nascimento do bebê. E que o período de amamentação já tenha sido finalizado, já que não será possível amamentar durante o período de recuperação, além de um possível comprometimento do resultado final.

• Procedimento:

Todos os procedimentos são realizados durante a mesma cirurgia. A duração total é de 3 a 6h, conforme o total de cirurgias combinadas e a extensão de cada uma. E o período de internação dura entre 24 a 48h.

• Anestesia:

Em grande parte dos casos, a recomendação médica é a anestesia peridural com sedação ou a anestesia geral.

A equipe médica responsável sempre opta por usar a opção mais segura para cada caso.

• Pós operatório:

Esse período pode ser um pouco mais doloroso por conta do volume de cirurgias feito simultaneamente – especialmente nos primeiros dias. Mas a grande maioria das pacientes dispensa a medicação para a dor já nos primeiros três dias.

Neste período é fundamental que as pacientes contem com suporte 24/7 por pelo menos três dias após a cirurgia. Esse suporte deve prever também uma pessoa de confiança para cuidar de seus filhos pelo período de, no mínimo, uma semana após a cirurgia.

O tempo de recuperação até o retorno às atividades normais é de 10 a 15 dias, conforme o tipo de cirurgias envolvidas e a extensão de cada uma. Além disso, o uso de equipamentos de compressão é indispensável durante essa fase, além de sessões de drenagem linfática e massagem das cicatrizes com regularidade.

• Resultados:

Os resultados são observados em várias etapas. Logo a seguir à cirurgia já é possível observar mudanças dramáticas na colocação, formato e tamanho de seios. Há um certo inchaço, que tende a ceder nas próximas 8 a 12 semanas.

Já o quadro abdominal passará por uma série de mudanças. Caso a paciente apresente um caso de diástase severa ou alongamento e flacidez dos músculos da parede abdominal, alguma mudança já poderá ser notada de forma imediata.

O inchaço abdominal diminuirá drasticamente nos primeiros três meses, até o final do ciclo de recuperação, que ocorre por volta de dois anos.

Nos casos que envolvem também a Lipoaspiração, é comum que o inchaço demore cerca de oito semanas até ceder completamente.

• Riscos da cirurgia:

Os riscos desta cirurgia incluem o surgimento de queloides, necrose de pele e de aréola, hematomas e sangramentos, perda da sensibilidade, abertura da sutura cirúrgica, inchaço e dores, que costumam sumir em um período breve.

Clínica Lange - Cirurgias Plásticas

TEM ALGUMA DÚVIDA?

FAÇA SUA PERGUNTA SOBRE CIRURGIAS, RECUPERAÇÃO E OUTROS TEMAS DIRETAMENTE PARA O DR. EDUARDO LANGE.

Share This