11 . 2539.6470 / 11 . 2645.7298 / Whatsapp: (11) 96587-7395

GINECOMASTIA

(Plástica Mamas Masculinas)

• Do que se trata:

Procedimento que envolve a redução de mama para os homens através da correção cirúrgica do excesso de tecido mamário. Esse quadro pode ter causa glandular, gordurosa ou mista. Seu objetivo é proporcionar uma aparência mais harmônica à região, além de impactar positivamente a autoestima do paciente.

• Procedimento:

A técnica cirúrgica depende do tipo de ginecomastia e do grau do paciente. Os médicos optam por utilizar duas técnicas cirúrgicas, separadamente ou combinadas: a lipoaspiração e a mamoplastia (nos pacientes com excesso de pele).

O procedimento envolve a realização de uma incisão pequena em forma de semicírculo na parte inferior da aréola, na sua transição para a pele. A cicatriz não fica aparente e tende a desaparecer com o passar do tempo.

Quando paciente apresenta ginecomastia adiposa, a cirurgia pode envolver também a lipoaspiração da gordura mamária.

A cirurgia tem duração média de 1h e o período de internação é, no geral, de 12h para anestesia local e sedação.

• Anestesia:

Geralmente a equipe médica opta pelo uso da anestesia local com sedação – sendo a anestesia geral uma opção em casos mais extensos.

A equipe médica responsável sempre opta por usar a opção mais segura para cada caso.

• Pós operatório:

O edema pós-operatório pode perdurar por um período de 7 a 10 dias. Pode haver uma perda momentânea de sensibilidade na área operada, que dura no máximo um ano na maioria dos casos.

Neste período é fundamental fazer repouso moderado e evitar esforços nos 15 primeiros dias, ser comedido nos gestos e movimentos com os braços, evitar a exposição por pelo menos três meses e iniciar as sessões de drenagem linfática assim que o médico fizer a liberação.

O retorno ao trabalho e às demais atividades cotidianas costuma ser liberado em uma semana. Já as atividades físicas são liberadas cerca de dois meses após o procedimento.

• Resultados:

A maioria das linhas de incisão é pensada para ficar escondida entre as dobras naturais da pele – mas algumas podem ser visíveis.

Já é possível visualizar parte do resultado a partir da 3ª semana e uma definição maior entre seis a oito meses. Mas o resultado definitivo só é visível no período entre o 6º e 12º mês, quando o ciclo de cicatrização se completa.

• Riscos da cirurgia:

A Ginecomastia é muito simples – mas é um procedimento cirúrgico e, sendo assim, envolve riscos. Além dos já comuns em cirurgias, existe a possibilidade de o paciente apresentar alterações de sensibilidade na mama ou no mamilo, contorno e forma assimétricos.

Clínica Lange - Cirurgias Plásticas

TEM ALGUMA DÚVIDA?

FAÇA SUA PERGUNTA SOBRE CIRURGIAS, RECUPERAÇÃO E OUTROS TEMAS DIRETAMENTE PARA O DR. EDUARDO LANGE.

Share This