11 . 2539.6470 / 11 . 2645.7298 / Whatsapp: (11) 96587-7395

Cuidar da beleza não é futilidade. Poder investir em uma cirurgia plástica é tão gratificante que faz a pessoa sentir-se melhor consigo mesmo. E, quando nos sentimos bem, tudo ao nosso redor flui melhor.

A mulher moderna precisa se multiplicar para dar conta da rotina profissional, de mãe, esposa, mulher. Com tantos afazeres e com a atenção voltada principalmente para a família, trabalho e vida social, os cuidados com a própria beleza, corpo e saúde às vezes ficam em segundo plano.

Por outro lado, as mulheres estão se gostando cada vez mais, com uma auto estima linda. Para muitas, a cirurgia plástica vem se tornando uma aliada quando dieta e atividade física não surtem mais efeito, e quando as mudanças do corpo com as gravidezes e passagem do tempo são inexoráveis.

A cirurgia plástica atual é segura e com resultados muito satisfatórios. Nos últimos anos, a evolução da área é incontestável, o que explica a sua crescente popularização.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, somente em 2016, foram realizadas no Brasil mais de 800 mil cirurgias plásticas estéticas. Os avanços tecnológicos e o aprimoramento dos procedimentos, que aumentam a segurança e possibilitam uma recuperação cada vez mais precoce são fatores que explicam esse sucesso.

Apesar disso, não é incomum sentir-se insegura ao pensar sobre o tema. Isso porque o assunto ainda é cercado por uma série de mitos, que podem atrapalhar que está considerando a possibilidade de passar por uma cirurgia plástica.

Pensando nisso, criamos este artigo. Nele, você vai encontrar respostas para algumas das dúvidas mais comuns sobre o tema, entender o que deve considerar na hora de decidir por uma cirurgia plástica, e aprender a preparar-se adequadamente para a cirurgia. Boa leitura!

Desvendando mitos sobre cirurgia plástica

Você tem vontade de colocar próteses de silicone, mas ouviu uma amiga dizer que elas dificultam o diagnóstico de câncer? Conhece um médico que faz lipoaspiração no consultório, mas não sabe se é uma boa ideia? Descubra o que é mito e o que é verdade quando o assunto é cirurgia plástica!

Próteses de silicone impedem ou dificultam o diagnóstico de câncer

Mito. Os nódulos suspeitos não são escondidos pelo implante, e totalmente diagnosticáveis pelos exames de imagem, independentemente de onde a prótese tiver sido implantada — acima ou abaixo do músculo. Por isso, o uso de próteses de silicone não impedem ou dificultam o diagnóstico de câncer nessa região.

Todas as próteses mamárias precisam ser trocadas a cada 10 anos

Mito. As próteses utilizadas nos procedimentos cirúrgicos atuais têm maior durabilidade e não necessariamente deverão ser trocadas após um prazo de 10 anos. Alguns fabricantes estipulam um prazo de 20 anos para a substituição, mas o ideal é que o acompanhamento seja feito por um cirurgião plástico de sua confiança, para que ele avalie quando a substituição seria necessária.

Após fazer uma cirurgia plástica, é essencial evitar o sol

Verdade. Expor-se ao sol após a realização de uma cirurgia plástica pode aumentar o inchaço e comprometer definitivamente a cicatrização. Por isso, siga atentamente as orientações do cirurgião plástico e respeite o período longe dos raios solares prescrito pelo profissional.

Próteses de silicone podem impedir a amamentação

Mito. Como as próteses são implantadas atrás da glândula mamária, elas não provocam qualquer interferência na amamentação. No entanto, é essencial que o procedimento seja realizado por um profissional experiente, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, para que ele escolha a técnica mais adequada e realize o procedimento com total segurança.

A lipoaspiração é uma ótima alternativa para quem quer emagrecer

Mito. O objetivo da lipoaspiração não é provocar a perda de peso, mas melhorar o contorno corporal, com a retirada de gordura localizada. Por isso, é altamente recomendado que o paciente esteja no peso ideal ou bastante próximo dele para a realização do procedimento.

A lipoaspiração não deve ser realizada em consultórios

Verdade. Por melhor equipados que estejam, consultórios médicos não contam com os recursos necessários para a realização desse tipo de procedimento cirúrgico, e nenhum outro de médio a grande porte. Por isso, a lipoaspiração só deverá ser feita em hospitais, onde a segurança da paciente está garantida em qualquer eventual emergência.

Qualquer pessoa pode se submeter a uma cirurgia plástica

Mito. Estar saudável física e psicologicamente é condição indispensável para que o procedimento cirúrgico seja realizado com total segurança. Condições preexistentes, como diabetes e hipertensão, precisam estar sendo tratadas adequadamente para que a cirurgia plástica seja viável. Por isso, desconfie de profissionais que indicam a cirurgia sem uma avaliação criteriosa do seu quadro de saúde.

A abdominoplastia ajuda a diminuir as estrias

Verdade. Ainda que esse possa não ser o objetivo principal, a abdominoplastia é o único procedimento capaz de eliminar as estrias em definitivo, principalmente aquelas abaixo da linha do umbigo.

O resultado definitivo da cirurgia plástica não é imediato

Verdade. Embora a ansiedade para ver o resultado final seja grande, é imprescindível saber que isso só ocorrerá em até até 6 meses, já que esse é o tempo necessário para que o inchaço regrida e a retração total de pele ocorra. Além disso, cicatrizes avermelhadas podem levar até 1 ano para clarear totalmente.

Exercícios e dieta são suficientes para acabar com a flacidez do abdômen

Mito. Embora sejam essenciais para a manutenção dos resultados, a realização de atividade física e adoção de uma dieta equilibrada muitas vezes não são suficientes para acabar de vez com a flacidez do abdômen, especialmente em pacientes que perderam uma quantidade significativa de peso e passaram por gravidez. Nesses casos, a abdominoplastia é altamente recomendada para a retirada do excesso de pele e correção do afastamento muscular (diástase dos reto abdominais).

Quem vai realizar uma cirurgia plástica não deve fumar

Verdade. O tabagismo compromete e danifica a microcirculação, que é responsável pela oxigenação dos tecidos, especialmente da pele; assim, o fumo pode prejudicar a cicatrização, até mesmo causando complicações graves, como necroses.

Além disso, o cigarro aumenta os riscos de embolia, tromboses venosas e alterações pulmonares e cardíacas. O ideal é abandonar o hábito de vez ou ficar sem fumar no mínimo 30 dias antes e depois da cirurgia.

A cicatriz resultante do procedimento é uma questão apenas de genética

Mito. Embora fatores genéticos possam influenciar no processo de cicatrização, seguir fielmente as orientações médicas e respeitar o período de repouso prescrito são medidas essenciais para que a cicatrização aconteça da melhor maneira possível.

O que levar em conta na hora de decidir

Agora que você já sabe um pouco mais sobre cirurgias plásticas e já desvendou alguns mitos importantes sobre o assunto, chegou a hora de pensar um pouco mais detidamente sobre a decisão.

Afinal, como escolher o profissional mais adequado? Que aspectos devo levar em consideração antes de marcar a cirurgia? É o que você vai descobrir agora. Continue conosco!

Examine as suas motivações

Antes de tomar a decisão de fazer uma cirurgia plástica, é essencial pensar nas razões pelas quais você deseja realizá-la.

Tenha em mente que a motivação para a realização de procedimentos cirúrgicos estéticos deve ser a busca de mais qualidade de vida, bem-estar e autoestima. Se o objetivo é apenas satisfazer uma pressão externa, seja do parceiro, de amigos ou mesmo da família, é importante refletir com mais calma antes de tomar a decisão.

Busque um profissional de confiança

O primeiro passo para uma cirurgia plástica bem sucedida é a escolha do cirurgião que realizará o procedimento. Certifique-se de que é um profissional devidamente habilitado na área, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e com boa reputação e referências de outras pacientes.

Além disso, é importante que o médico permita que você sinta-se segura para sanar todas suas dúvidas e respeite as suas escolhas e preferências.

Desconfie de profissionais que cobram preços baixos, ou fazem qualquer negócio para realizar a cirurgia; também aqueles que não são transparentes quanto aos procedimentos que serão realizados ou não estejam abertos para ouvir suas dúvidas e inquietações. E ainda aqueles que prometem milagres e resultados perfeitos.

Tenha expectativas realistas

Antes de tomar a decisão final sobre a cirurgia plástica, é importante que você tenha expectativas realistas a respeito dos resultados.

Cirurgias como lipoaspiração, por exemplo, não são indicadas para pacientes que estão acima do peso e buscam emagrecimento rápido. Pacientes que se informam pela internet, principalmente em grupos fechados de cirurgia plástica nas redes sociais, muitas vezes difundem informações equivocadas.

Por isso, é importante esclarecer com o profissional quais são as possibilidades reais de melhoria das suas queixas, extensão das cicatrizes, e em quanto tempo os resultados finais serão atingidos.

Esteja comprometida com o processo

A realização de uma cirurgia plástica traz ganhos imensuráveis para a autoestima da mulher, mas é importante estar ciente que o sucesso do procedimento passa pelo seu comprometimento no pré e pós-operatório.

Para garantir que a cirurgia transcorra em total segurança, é importante abrir mão, ainda que temporariamente, de alguns hábitos, como fumar, expor-se ao sol, seguir o repouso pós-operatório.

Falando nisso, o pós-operatório envolve um período importantíssimo de repouso, durante o qual será necessário contar com o auxílio de alguém para ajudar nos primeiros dias após a cirurgia.

Lembre-se de que o seu comprometimento em seguir à risca as recomendações médicas é vital para evitar complicações.

Preparando-se para a cirurgia

Parabéns! Se você chegou até aqui, provavelmente já avaliou todos os aspectos que envolvem a realização de uma cirurgia plástica e tomou a decisão de realizar o procedimento que vai deixá-la mais bonita (o) e autoconfiante.

Chegou a hora de preparar-se para que a cirurgia seja um sucesso! Saiba o que você precisa considerar para que o seu procedimento transcorra com segurança:

Escolha o momento mais adequado

Como uma cirurgia plástica com fins estéticos não é realizada de maneira emergencial, o ideal é que você planeje-se com calma para poder realizar o procedimento com total tranquilidade.

Por isso, procure marcar a cirurgia para um momento em que você tenha disponibilidade de tempo. Lembre-se de que na maior parte dos casos, o pós-operatório exige alguns dias de repouso, durante os quais você deverá se abster de suas atividades profissionais e pessoais.

Evite, portanto, fazer o procedimento poucos dias antes de uma viagem de férias ou de eventos importantes, como casamentos ou reuniões de trabalho. Certifique-se ainda de que você poderá contar com a companhia de alguém de sua confiança no dia da cirurgia e que terá o auxílio necessário para a realização das tarefas do dia-a-dia.

Realize os exames pré-operatórios

Antes da cirurgia plástica, o médico solicitará alguns exames para assegurar-se de que você está em boas condições de saúde para a realização do procedimento. A lista pode variar de uma paciente para outra, mas os mais comuns são:

  • Sangue: por meio da realização de um hemograma completo, o médico poderá avaliar dados como o número de glóbulos brancos, vermelhos e de plaquetas, e avaliar a coagulação sanguínea;
  • Eletrocardiograma: o teste avalia como está a condução elétrica dos batimentos cardíacos;
  • Urina: ajuda o médico a detectar eventuais problemas que afetem o sistema renal ou urinário;
  • Raio X de tórax: possibilita a avaliação dos pulmões e do coração da paciente;
  • Ressonância magnética: o exame pode detectar aneurismas, tumores ou outras lesões importantes nos órgãos internos, quando indicado;
  • Exames de mama: nas pacientes que farão qualquer tipo de mamoplastia.

Os exames devem ser realizados no máximo 1 mês antes da realização da cirurgia.

Prepare-se adequadamente para a cirurgia

Os exames já foram realizados e a data da cirurgia já está marcada? Então confira nosso check-list do pré-operatório:

  • No mínimo 15 dias antes da cirurgia, suspensão do uso de medicamentos que prejudicam a coagulação do sangue, como AAS, Aspirina e similares que contenham ácido acetilsalicílico, bem como anti-inflamatórios não hormonais, fórmulas para emagrecimento e estimulantes;
  • Comunique ao médico e ao anestesista se tiver feito uso de qualquer tipo de medicamento nos dias que antecederemos o procedimento;
  • Para tratar a pele que será operada, aplique uma generosa quantidade de hidratante semanas antes da cirurgia;
  • Faça um jejum de 8 horas antes da cirurgia.

Fique atenta aos cuidados pós-operatórios

Cirurgia realizada, chegou a hora de descansar e cuidar do seu pós para que o resultado seja o melhor possível.

Ninguém melhor do que o seu cirurgião para orientá-la nessa fase: é essencial seguir atentamente as recomendações, especialmente o repouso.

Além disso, algumas orientações gerais devem ser observadas por todas as pacientes:

  • Use roupas confortáveis e folgadas, que possam ser vestidas sem movimentação excessiva e possibilitem a acomodação de curativos;
  • Lembre-se de que ainda que você não esteja sentindo dores, a cirurgia plástica ainda é um procedimento cirúrgico. Portanto, evite carregar peso ou realizar movimentos bruscos, que podem comprometer a cicatrização;
  • Se sentir dor ou desconforto, utilize somente os medicamentos ou tratamentos prescritos pelo seu médico. Jamais recorra à automedicação, compressas, pomadas, chás ou ervas sugeridos por amigos e parentes;
  • Em caso de dúvidas, não hesite em buscar a orientação do seu cirurgião.

A cirurgia plástica contribui para elevar a autoestima

De acordo com um estudo realizado pela revista Plastic Surgical Nursing, a cirurgia de aumento de mama melhora a autoestima, reduz sintomas de depressão e fortalece os sentimentos positivos sobre sua sexualidade – esse mesmo estudo demonstrou que o desejo sexual das entrevistadas teve um aumento de 78%, após cirurgia plástica.

Seja a cirurgia de reconstrução de mama, mamoplastia de aumento, elevação das mamas ou redução das mamas, muitas mulheres afirmam que tiveram uma grande mudança em suas vidas após se submeterem a um procedimento cirúrgico, pois os benefícios psicológicos que obtiveram após a cirurgia plástica foram significativos tanto na vida pessoal quanto na profissional.

A gestação também costuma influenciar o estado emocional da mulher. É comum que muitas mamães passem a ficar um pouco incomodadas com seu corpo, levando a uma baixa na autoestima.

Passado o período mínimo de 6 meses após o parto, já tendo encerrado o período de amamentação e a paciente tendo recuperado o peso normal, é possível se submeter às cirurgias mommy makeover, a repaginada das mamães.

A abdominoplastia e a mamoplastia, para remover a flacidez e reestruturar os músculos do abdômen, e dar volume e firmeza às mamas representam dois procedimentos que geram excelentes resultados no bem-estar feminino. Também poderá ser realizada a lipoaspiração, com objetivo de remodelar áreas específicas e aperfeiçoar o contorno corporal.

Outras cirurgias que contribuem para melhora na qualidade de vida

Muitas pessoas buscam a cirurgia plástica para melhorar a aparência do nariz. A insatisfação pode ser proveniente do formato natural ou de uma lesão ou acidente que tenha distorcido o nariz; sem contar com a necessidade de algumas pessoas em melhorar, também, a respiração.

Como o nariz ocupa uma posição central na face, o tamanho e a forma do nariz têm um grande impacto na aparência da face. Uma rinoplastia bem realizada é um dos procedimentos que mais proporcionam contentamento ao paciente.

Já a otoplastia, cirurgia que corrige o posicionamento e formato das orelhas – para melhorar a aparência ou reconstruir após acidente, por exemplo – pode ser feita em pessoas de todas as idades e pode tratar-se de um procedimento relativamente simples e de rápida recuperação – desde que seguidas todas as orientações médicas.

Procedimento cirúrgico pode ajudar pessoas a se sentirem melhor e mais confiantes

Quando indicadas corretamente, as cirurgias plásticas podem ajudar mulheres e homens a se sentirem mais bonitos e confiantes, melhorando a qualidade de vida e bem-estar. No entanto, é essencial ter consciência que, como qualquer procedimento cirúrgico, envolvem riscos.

Para que a cirurgia transcorra em total segurança, é importante cercar-se de uma excelente infraestrutura hospitalar e profissionais transparentes e gabaritados. Além disso, não se esqueça de que seu comprometimento no pré e pós-operatório é vital para garantir excelentes resultados!

Se você deseja realizar uma cirurgia plástica com uma equipe médica altamente qualificada e experiente, cujo trabalho é pautado pela ética e dedicação ao paciente, entre em contato com a Clínica Lange. Teremos a maior satisfação em cuidar de você.

Membro especialista e titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, o Dr. Eduardo Lange é formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Durante sua formação acadêmica, estudou na Inglaterra e Canadá, além de receber tutoriais em cirurgia plástica na Espanha e Estados Unidos. Para saber mais detalhes sobre a formação do Dr. Lange, acesse aqui.

CLIQUE NA IMAGEM E BAIXE AGORA O NOSSO E-BOOK “TENHA UMA BARRIGA E UMBIGO NATURAIS COM A ABDOMINOPLASTIA”

$hw2gc4gkf8

 

Share This