11 . 2539.6470 / 11 . 2645.7298 / Whatsapp: (11) 96587-7395

Enquanto algumas mulheres sonham em aumentar os seios, outras só pensam em diminuí-los. Qualquer que seja o seu desejo, é possível realizá-lo com segurança e aumentar a autoestima realizando a cirurgia plástica com um profissional experiente e de confiança.

Pensando em ajudar nessa importante tomada de decisão, preparamos o artigo de hoje. Nele, você vai entender melhor as características das mamoplastias redutoras e de aumento, saber para quem são indicadas e como funciona o pós-operatório. Acompanhe a leitura!

Mamoplastia de aumento

O que é

A mamoplastia de aumento é um procedimento cirúrgico que utiliza implantes para aumentar o volume dos seios ou restaurá-lo após perda de peso expressiva ou gestação.

Para quem é indicada

A cirurgia plástica é indicada para mulheres que estão insatisfeitas com a forma das suas mamas e que desejam aumentar o tamanho e projeção dos seios, melhorando as proporções do corpo e a autoestima.

Adicionalmente, os implantes também podem ser utilizados para reconstruir as mamas após mastectomias ou lesões.

A mamoplastia de aumento pode ser realizada a partir dos 15 anos de idade, com autorização dos responsáveis. No entanto, o ideal é esperar até os 18 anos, quando a puberdade já ficou definitivamente para trás e as mamas já estão totalmente desenvolvidas.

Como é a cirurgia plástica

A mamoplastia de aumento é realizada com anestesia geral e tem duração média de 1:30 a 2h. A abordagem pode ser nas axilas, aréolas ou na região abaixo dos seios.

Existem implantes de diversos formatos e volumes; e escolha deve levar em consideração fatores como biotipo, largura do tórax, elasticidade da pele, características do tecido mamário, preferências da paciente, e etc. Tudo isso deve ser muito bem avaliado por um cirurgião plástico de sua confiança para que juntos possam chegar a um resultado elegante e harmônico.

Pós-operatório

Geralmente, a paciente recebe alta médica cerca de 6 horas após, com a recomendação de repouso domiciliar por um período de 5 a 7 dias.

Atividades como dirigir, levantar os braços e carregar peso leve são liberadas cerca de 12 a 15 dias após o procedimento. A prática de exercícios físicos que envolvem os membros inferiores já podem ser retomados após 20 dias, já dos membros superiores somente depois de 30 a 45 dias.

A paciente deve evitar expor-se ao sol no primeiro mês do pós-operatório. Nesse mesmo período, também não é recomendado dormir de lado ou de barriga para baixo.

Mamoplastia redutora

O que é

A mamoplastia redutora é um procedimento cirúrgico para retirar o excesso de gordura, tecido glandular e pele das mamas, deixando o aspecto do seios mais proporcional em relação ao corpo e, em alguns casos, aliviando o desconforto provocado pelo excesso de volume.

Para quem é indicada

A cirurgia plástica de redução das mamas é indicada para mulheres que sentem desconforto físico, funcional, e emocional provocados por seios excessivamente grandes e/ou flácidos.

Muitas vezes, o incômodo causado pelo problema limita a realização de atividades físicas, provoca dor nas costas, ombros e pescoço, e acaba trazendo prejuízos à autoestima da paciente.

Em geral, os seios ainda estão em processo de desenvolvimento até 2 anos após o início da menstruação. Por isso, o ideal é esperar, no mínimo, até os 16 anos para realizar o procedimento cirúrgico.

Como é a cirurgia plástica

A cirurgia plástica de redução de mamas é realizada com anestesia geral e dura cerca de 3 a 4 horas, onde é retirada a gordura-tecido-pele em excesso. É feito o reposicionamento e elevação da mama, adequação da circunferência da aréola, e o fechamento das incisões com fio absorvível e cola cirúrgica.

Geralmente a paciente fica internada por 12 a 24 horas, tempo seguro para que o cirurgião saiba que o pós-op. transcorreu dentro da rotina.

Pós-operatório

A recuperação total do procedimento leva cerca de 1 mês, onde deve utilizar-se um sutiã cirúrgico de maneira quase que ininterrupta. A técnica do Dr. Lange isenta a necessidade do dreno, pois a mama é montada sem espaços livres internamente,  assim elimina o acúmulo de líquido ou secreções na área operada.

Por 15 dias após não é permitido carregar peso, dirigir ou praticar atividades físicas. Até mesmo movimentar excessivamente os braços e tronco é desaconselhável.

Nos primeiros 2 meses após a realização do procedimento é recomendado evitar exercícios mais pesados com impacto, para garantir a completa cicatrização da região.

Como você pôde perceber, aumentar a autoestima e sentir-se confortável com o aspecto das suas mamas é 100% viável e seguro. No entanto, é importante escolher um cirurgião plástico qualificado, que lhe opere com excelente técnica e total segurança.

Se você quiser saber mais sobre cirurgias plásticas de aumento e redução das mamas, entre em contato com a Clínica Lange e agende a sua consulta!

Clique na imagem e baixe agora o nosso E-Book “Tenha uma barriga e umbigo naturais com a abdominoplastia”

$hw2gc4gkf8

 

Share This