11 . 2539.6470 / 11 . 2645.7298 / Whatsapp: (11) 96587-7395

Na hora de colocar um biquíni ou mesmo aquele decote, você já se sentiu incomodada com a diferença de volume entre os seus seios? Acredite, você não está sozinha, até porque todas as mulheres tem algum grau de assimetria mamária; ela é uma questão mais comum do que se imagina. A boa notícia é que o desconforto tem solução, e na maior parte dos casos, atende pelo nome de implantes mamários.

Entenda melhor!

Afinal, o que é assimetria mamária?

Em primeiro lugar, é importante que você tenha em mente que o corpo é naturalmente assimétrico. No entanto, muitas vezes essa falta de igualdade entre um lado e outro é imperceptível e, em outros, é maior e pode incomodar.

Em geral, a assimetria mamária é caracterizada por diferenças no aspecto dos seios das mulheres que não se limitam ao volume, mas também ao formato, posição e tamanho das aréolas, prolongamento lateral da mama e inserção no tórax.

Normalmente, o problema estético costuma incomodar com maior frequência quando aparece em grau mais elevado, ou seja, quando um lado do sutiã fica menos preenchido que o outro, ou quando esta diferença fica visível em roupas mais justas, no biquini, etc.

Quando a assimetria mamária deve ser corrigida?

A assimetria mamária deve ser corrigida sempre que provocar incômodo ao bem-estar emocional e a autoestima da paciente. Quando o pensamento sobre o assunto é recorrente, isto é, sempre ao olhar no espelho, a mulher lembra daquilo.

Como a assimetria mamária pode ser corrigida?

Embora as maneiras de corrigir a assimetria mamária possam variar de acordo com o tipo e o grau do problema, uma das maneiras maneiras mais simples de resolver a questão é mesmo realizando a cirurgia de implantes mamários.

A técnica, além de segura, deixa cicatrizes pequenas e é uma das mais eficientes para minimizar a diferença entre os seios, já que é possível implantar, por exemplo, uma prótese  de silicone de 300 ml na mama esquerda e outra de 350 ml na mama direita, corrigindo a discrepância entre elas.

Se a assimetria mamária estiver relacionada ao posicionamento da mama, e também à aréola, a mastopexia – cirurgia que pode envolver tanto o reposicionamento do complexo aréolo-papilar, como a remoção de pele e levantamento da mama -, é mais indicada.

Os implantes mamários e a mastopexia eliminam totalmente a assimetria?

É importante ter em mente que nem os implantes mamários e nem a mastopexia são capazes de eliminar a assimetria mamária em sua totalidade. Isso porque, como dissemos anteriormente, o corpo é naturalmente assimétrico e é impossível deixar as duas mamas exatamente idênticas.

Também leve em consideração que os seios ficam discretamente inchados durante algumas semanas após a inserção dos implantes mamários e que é preciso seguir atentamente as recomendações médicas no que diz respeito ao pós-operatório para garantir o sucesso do procedimento.

Além disso, fique bastante atenta na hora de escolher o cirurgião plástico que será responsável pela correção da sua assimetria e, consequentemente, pelos seus implantes mamários.

Certifique-se de que estará nas mãos de um profissional experiente e altamente gabaritado. Isso porque, em geral, assimetrias muito pequenas não têm indicação de cirurgia, já que o procedimento provoca cicatrizes que podem variar em tamanho e qualidade.

Por isso, é importante confiar o seu caso a um profissional que coloca o bem-estar de suas pacientes em primeiro lugar. Quando uma avaliação responsável e coerente irá determinar se a sua assimetria mamária necessita realmente de correção cirúrgica além dos implantes. Uma mamoplastia ou mastopexia desnecessária, por indicação equivocada, é um caminho sem volta, pois as cicatrizes decorrentes do procedimento ficarão para sempre. Mesmo que melhorem com o tempo.

Durante a consulta, além da sua saúde e histórico médico, o profissional irá avaliar algumas medidas, como a altura, seu biotipo, o diâmetro e a distância entre as aréolas, sulco inframamário, qualidade da pele e tecido mamário…. Também vai pedir exames de rotina para certificar-se de que você está realmente apta para a realização da cirurgia de implantes mamários.

Desconfie de profissionais que apresentam os implantes mamários ou qualquer outro procedimento como solução para a assimetria sem nem mesmo avaliar o seu caso com detalhismo. Lembre-se sempre de que um cirurgião plástico de confiança irá sempre pesar os prós e contras da cirurgia para cada paciente antes de fazer a indicação do procedimento. Ética é indicar o melhor procedimento para você; e não o mais rentável ao médico.

Como você pode ver, aquela assimetria entre as mamas que tanto te incomoda tem solução! Em grande parte dos casos, os implantes mamários minimizam o problema de maneira a torná-lo praticamente imperceptível, devolvendo a autoestima e o bem-estar da paciente.

Gostou de saber mais sobre as possibilidades de correção da assimetria das mamas? Se você ainda tem dúvidas sobre a eficácia dos implantes mamários na solução do problema, confira os depoimentos de quem já fez a cirurgia! Se preferir, entre em contato com a Clínica Lange.

Share This